Portugal condena o disparo de um míssil balístico a partir do Iémen contra o território da Arábia Saudita, que ocorreu no passado dia 19 de dezembro. O Governo português lamenta esta e quaisquer outras medidas que possam colocar em causa a manutenção da paz, segurança e estabilidade internacionais no Médio Oriente, e apela à contenção de todos os atores, esperando que este episódio não conduza a uma escalada de tensões na região.

Lisboa, 22 de dezembro de 2017