O Governo colombiano e as FARC emitiram ontem um comunicado conjunto anunciando um acordo de cessar-fogo bilateral e definitivo, e de deposição de armas por parte da guerrilha. O Governo português congratula-se com este passo histórico, decisivo no sentido de uma paz duradoura que ponha termo a seis décadas de conflito armado na Colômbia.

O acordo assinado ontem, em Havana, com a presença do Secretário-Geral das Nações Unidas, representa uma etapa decisiva num processo negocial que Portugal tem seguido com atenção e expetativa desde o início.

O empenho de Portugal em apoiar o processo de paz na Colômbia, no quadro das relações de excelência e proximidade entre os dois países, traduz-se, também, na nossa participação, como país-fundador, no fundo fiduciário da União Europeia de apoio ao processo de paz.

Lisboa, 24 de junho de 2016