O Governo português acolhe com enorme satisfação a assinatura do acordo de cessação definitiva de hostilidades militares entre o Governo moçambicano e a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), hoje ocorrida na Gorongosa, província de Sofala.

A assinatura deste acordo representa um momento de grande importância para o processo de paz em Moçambique, fruto da perseverança e empenho de ambas as partes, em particular do Presidente da República de Moçambique e do Presidente da Renamo, que Portugal calorosamente saúda.

Antecede, ainda, a assinatura do acordo de paz, que deverá ter lugar nos próximos dias e constituirá o marco decisivo para a paz e a estabilidade de Moçambique, potenciando o desenvolvimento económico e social daquele país, bem como o bem-estar e segurança das suas populações. 

  • Partilhe