O Governo português repudia veementemente e condena o bárbaro ataque terrorista ocorrido em Mogadíscio, na passada sexta-feira, que provocou, até à data, mais de cinquenta vítimas mortais.

Portugal manifesta a sua total solidariedade para com as autoridades e povo somali e endereça às famílias das vítimas as suas mais sinceras condolências, desejando a todos os feridos uma rápida recuperação.

A recorrência de ataques terroristas na Somália requer, da parte da Comunidade Internacional, esforços redobrados no sentido de apoiar a reconstrução do Estado naquele país. Portugal reitera o seu empenho, designadamente no quadro da União Europeia, no combate ao terrorismo na Somália.

Lisboa, 12 de novembro de 2018