O Governo Português tomou conhecimento com elevado interesse da recente proposta do Rei de Marrocos de criar um mecanismo político conjunto de diálogo e de concertação com a Argélia, que permita aos dois países examinar todas as questões bilaterais, com franqueza, objetividade, sinceridade e boa-fé, sem condições nem exceções, no quadro de uma agenda aberta.

O Governo Português reafirma o seu apoio a todas as iniciativas suscetíveis de contribuírem para ultrapassar os diferendos existentes entre Marrocos e a Argélia, dois Países amigos com os quais Portugal mantém relações muito densas e privilegiadas, e de também por essa via favorecerem o entendimento e a cooperação entre os países do Magrebe e a prosperidade e a estabilidade dessa região.

Lisboa, 9 de novembro de 2018