O Governo português reitera o seu apoio à soberania e integridade territorial da Geórgia no limite das fronteiras internacionalmente estabelecidas. Condena, assim, firmemente a recente decisão do regime da Síria de estabelecer relações diplomáticas com as regiões separatistas da Abecásia e da Ossétia do Sul, em clara violação do direito internacional e do princípio da integridade territorial, tal como definido na Carta das Nações Unidas e relevantes resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Lisboa, 4 de junho de 2018