O Governo Português condena veementemente o lançamento de morteiros/“rockets” contra Israel a partir da Faixa de Gaza, ocorrido a 29 de maio. Atos de violência contra alvos civis são sempre absolutamente injustificáveis.

O Governo Português apela à contenção de todos os atores a fim de evitar o agravamento da tensão em Gaza, que em nada contribui para a paz, segurança e estabilidade regional.

O Governo Português reafirma a urgência de uma resolução pacífica da crise em Gaza e de criar condições para a retoma do Processo de Paz, visando uma solução que leve à criação de dois Estados, assente na coexistência, em paz e segurança, de Israel e da Palestina.

Lisboa, 29 de maio de 2018