O Ministério dos Negócios Estrangeiros congratula-se com a eleição de Portugal para o Conselho Económico e Social das Nações Unidas (ECOSOC), com 182 votos, o candidato mais votado no grupo de países da Europa Ocidental (WEOG). Para além de Portugal, foram também eleitos a Alemanha, Áustria, França e Reino Unido.

O excelente resultado obtido por Portugal nesta eleição reflete o reconhecimento internacional da importância que o nosso país atribui ao multilateralismo e o nosso empenho em assegurar uma ativa participação nacional nos diversos órgãos das Nações Unidas.

A presença de Portugal no ECOSOC constitui uma mais-valia para a projeção da imagem do nosso país a nível internacional e permite uma capacidade de intervenção acrescida na comunidade internacional. Portugal foi pela última vez membro deste Conselho entre 2015 e 2017.

O novo mandato, de três anos, tem início em 1 de janeiro de 2021.

O ECOSOC foi criado em 1945, como um dos seis principais órgãos da ONU, e atua, em coordenação com as outras estruturas da organização, na promoção do desenvolvimento sustentável nas suas três dimensões mais relevantes: económica, social e ambiental.

Lisboa, 18 de junho de 2020

  • Partilhe