O Governo Português saúda os passos dados pela Etiópia e pela Eritreia no sentido da reconciliação, nomeadamente através da assinatura da Declaração Conjunta de Paz e Amizade e das recentes visitas do Primeiro-Ministro etíope, Abiy Ahmed, a Asmara e do Presidente da República da Eritreia, Isaias Afwerki, a Adis Abeba. 

Trata-se de um momento histórico, que abre as melhores perspetivas para a paz e o desenvolvimento dos dois países, bem como para a consolidação sustentável da segurança e estabilidade na região do Corno de África. 

Portugal assinala em particular a coragem e o espírito de compromisso dos líderes da Etiópia e da Eritreia, que permitiu pôr fim ao interregno de 22 anos nas relações entre os dois países, e encoraja a que continuem na mesma senda de diálogo e colaboração construtiva, em benefício dos dois Povos. 

Portugal manifesta a sua disponibilidade para apoiar os dois países na normalização das suas relações, no quadro dos esforços levados a cabo pelo conjunto da Comunidade Internacional. 

Lisboa, 16 de julho de 2018