O Ministério dos Negócios Estrangeiros condena de forma veemente o ataque perpetrado sobre instalações petrolíferas da Aramco na Arábia Saudita. Portugal manifesta a sua preocupação perante os sucessivos ataques em solo saudita sobre infraestruturas civis, em clara violação do Direito Internacional e dos esforços pela segurança regional do Golfo. Portugal apela à contenção de todas as partes envolvidas e insta ao diálogo como forma de reduzir as tensões na região.

Lisboa, 16 de setembro de 2019

  • Partilhe