O Governo português condena veementemente o ataque do dia 6 de novembro contra uma coluna de veículos civis e militares no leste do Burkina-Faso, que resultou na perda de 37 vidas e mais 60 feridos.

O Governo português manifesta as suas mais profundas condolências aos familiares, acompanhando com preocupação a deterioração da situação de segurança no Burkina-Faso e na região do Sahel nos últimos anos.

O Governo português manifesta a sua total solidariedade com o Governo do Burkina-Faso, reiterando o seu empenho, designadamente no quadro multilateral, no combate ao terrorismo e ao extremismo.

Lisboa, 8 de novembro de 2019

  • Partilhe