O Governo Português congratula-se com o acordo preliminar alcançado ontem,  dia 17 de junho, sobre a nova designação para a Antiga República Jugoslava da Macedónia (FYROM), fazendo votos para que coloque um ponto final na disputa que, desde 1991, data da declaração da independência da Antiga FYROM, perturbava as relações entre este País e a Grécia.

O Governo Português felicita calorosamente os dois Governos e saúda o empenho e o espírito de compromisso demonstrados pelas Partes, louvando em particular a determinação dos Primeiros-Ministros grego, Alexis Tsipras, e macedónio, Zoran Zaev.

O Governo Português enaltece também o papel da mediação da ONU, em particular do negociador principal, Matthew Nimetz, cuja dedicação foi recompensada com este compromisso, e que bem sublinha e valoriza a importância da diplomacia e do multilateralismo na busca de soluções negociadas para a paz, para a segurança, para a prosperidade e para a confiança mútua entre os Povos.

O Governo Português considera ainda que o acordo, para além de permitir a normalização do relacionamento bilateral entre os dois Estados,  contribuirá  para o reforço da estabilização da região balcânica e  remove um obstáculo essencial no que se refere às perspetivas europeia e transatlântica da FYROM.