Portugal envia, esta sexta-feira, para São Tomé e Príncipe um primeiro lote de 12 mil vacinas contra a COVID-19, para apoiar as autoridades santomenses no seu plano nacional de vacinação contra esta doença. As vacinas serão acompanhadas do material necessário para viabilizar a sua administração, incluindo, nomeadamente, seringas e agulhas.

Este lote de vacinas chegará à cidade de São Tomé na madrugada do próximo sábado, dia 10 de julho, onde será entregue às competentes autoridades sanitárias santomenses.

Esta doação insere-se no cumprimento do compromisso político assumido pelo Governo português de disponibilizar pelo menos 5% dos seus lotes de vacinas para os PALOP e Timor Leste, e inscreve-se na segunda fase do Plano de Ação na resposta sanitária à pandemia COVID-19 entre Portugal e os PALOP e Timor Leste.

Após o envio de um primeiro lote, em maio passado, para Cabo Verde, e um outro, já em julho para Moçambique, este é o terceiro lote que Portugal envia. Ainda durante o mês de julho, seguirão novos lotes de vacinas para Angola, Guiné Bissau e Timor Leste.

Esta ação é o resultado do esforço conjunto do Ministério dos Negócios Estrangeiros, através do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e da Embaixada de Portugal em São Tomé, e do Ministério da Saúde, através da Direção Geral de Saúde, da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (INFARMED) e da Task Force do Plano Nacional de Vacinação contra a COVID-19 em Portugal.  

Lisboa, 9 de julho de 2021

  • Partilhe