Aterrou hoje no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, um voo especial proveniente de Caracas, promovido pela Embaixada de Portugal na Venezuela, através do qual foi possível assegurar o regresso a Portugal de 181 cidadãos nacionais. O voo incluiu ainda cidadãos de 11 países, entre os quais Espanha, Itália, França, Alemanha e Reino Unido.

No contexto das restrições impostas pelo combate à pandemia causada pela COVID-19, o governo português tinha já assegurado o regresso de 44 cidadãos nacionais que se encontravam na Venezuela, através de voos promovidos por outros Estados-membros da União Europeia.

Perspetivando-se a reabertura do espaço aéreo da Venezuela a partir de meados de julho e estando já ultrapassadas as restrições impostas à TAP pelo governo venezuelano, o governo português espera que brevemente possa ser retomada a realização de voos regulares entre os dois países.

Recorde-se que no contexto de interdição do tráfego aéreo para países que não integram a União Europeia, Portugal salvaguardou os países com presença de importantes comunidades portuguesas. Neste âmbito, ficou garantida uma exceção para permitir a realização de voos de e para a Venezuela, onde a numerosa comunidade portuguesa se encontra numa situação de particular vulnerabilidade.

Lisboa, 14 de junho de 2020

  • Partilhe