O Estado português, através dos Ministérios dos Negócios Estrangeiros e da Saúde, irá proporcionar o acesso gratuito a consultas médicas e a exames complementares de diagnóstico a cidadãos portugueses e lusodescendentes residentes na Venezuela. Será assinada na Venezuela, no dia 9 de abril às 19h00 (hora de Lisboa), uma Carta Compromisso com as três entidades associativas da Comunidade Portuguesa na Venezuela que farão parte do projeto que será desenvolvido nas cidades de Caracas, Los Teques, Maracay e Valencia.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, assinalam esta medida assistindo à assinatura da Carta, através de videoconferência entre Lisboa e os Consulados Gerais de Portugal em Caracas e Valência, na Venezuela.

Esta videoconferência permitirá ainda diálogo com os representantes diplomáticos e consulares portugueses na Venezuela, com os dirigentes do movimento associativo e com os cidadãos beneficiários dos apoios sociais e na área da saúde, disponibilizados pelo Estado português à comunidade luso-venezuelana desde 2017.

Local – Ministério dos Negócios Estrangeiros (entrada pelo Largo do Rilvas).

  • Partilhe