O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, encerrará a Conferência Internacional das Línguas Portuguesa e Espanhola “Ibero-América: uma comunidade, duas línguas pluricêntricas”, promovida pela Organização de Estados Ibero-Americanos (OEI), que teve início no dia 20 e termina no dia 22 de novembro, em Lisboa. 

A realização de uma conferência internacional de alto nível da OEI está prevista no Programa Ibero-Americano de Difusão da Língua Portuguesa e conta com a participação de políticos, académicos e cientistas de várias áreas do conhecimento. Através da representação nacional da OEI, Portugal é o país anfitrião, sendo o Brasil e Espanha países promotores. A ação conta também com a colaboração do Instituto Camões, I.P., do Instituto Cervantes, da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, da Secretaria Geral Ibero-Americana, do Instituto Internacional de Língua Portuguesa e da Fundação Calouste Gulbenkian. 

Tendo como objetivo estabelecer um Plano de Ação, a conferência visa debater o estado da arte das duas línguas no mundo, definir medidas para reforçar o bilinguismo na região e promover a sua internacionalização. O programa inclui painéis sobre a projeção do futuro das línguas, o seu impacto na economia, políticas para a sua internacionalização, desenvolvimento de competências, sociedade digital, pluricentrismo e diálogos interculturais.

 

 

  • Partilhe