O Representante Permanente de Portugal junto da União Europeia, Embaixador Nuno Brito, foi o galardoado na edição de 2017 do Prémio Francisco de Melo e Torres.

O prémio, criado em homenagem a um diplomata português do séc. XVII, é da responsabilidade da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, e desde 2013 que distingue anualmente o chefe de missão diplomática portuguesa que mais se tenha destacado na área da diplomacia económica.

O anúncio foi feito hoje, 3 de janeiro, durante o Seminário Diplomático que decorre no Museu Oriente, em Lisboa. O prémio foi entregue ao Embaixador Nuno Brito pelo presidente do júri, o embaixador jubilado António Monteiro, ladeado pelos restantes jurados: Bruno Bobone, presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP) e Miguel Horta e Costa, membro da Direção da CCIP.

Em seguida, o vencedor do prémio no ano passado, o Embaixador de Portugal em Pequim, Jorge Torres Pereira, fez uma breve intervenção dando conta das ações de diplomacia económica realizadas pela sua Embaixada no decurso de 2017, no seguimento do galardão recebido.
 

Lisboa, 3 de janeiro de 2018