O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, participa, nos dias 14 e 15 de agosto, nas cerimónias de assinatura de protocolos de cooperação entre as Câmaras Municipais de Baião e do Marco de Canaveses e a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas (DGACCP) do Ministério dos Negócios Estrangeiros, para a criação de Gabinetes de Apoio ao Emigrante (GAE) de 2.ª geração naqueles concelhos.

Os Gabinetes de Apoio ao Emigrante de Baião e do Marco de Canaveses foram criados, respetivamente, em 2006 e em 2008 e, com a assinatura destes novos protocolos, passarão a dispor de outras valências, nomeadamente de aconselhamento aos utentes sobre matérias relacionadas com o investimento em Portugal, em articulação com o Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora, integrado na DGACCP e que está vocacionado para identificar, apoiar e facilitar o micro e pequeno investimento com origem nas Comunidades Portuguesas em Portugal.  

A cerimónia de assinatura no município de Baião terá lugar a 14 de agosto, às 13h00; no município do Marco de Canaveses será firmado a 15 de agosto, pelas 12h00.

As duas cerimónias terão lugar à margem dos Encontros Concelhios de Emigrantes, organizados pelos respetivos executivos municipais.

Os Gabinetes de Apoio ao Emigrante têm por missão apoiar cidadãos portugueses que tenham estado emigrados, pretendendo responder às questões inerentes ao seu regresso e reintegração em todas as suas vertentes: social, jurídica, profissional e educativa, entre outras, mas também apoiam os cidadãos que continuam a viver no estrangeiro. Além disso, os GAE prestam apoio aos cidadãos que pretendem iniciar um processo migratório, para que possam sair do país na posse de mais informação útil sobre o país de destino.

Existem 120 GAE em funcionamento, encontrando-se atualmente 21 em fase de instalação.