Foi com uma visita ao Consulado-Geral de Manchester, onde reuniu com os colaboradores deste serviço, que o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas iniciou, a 29 de janeiro, uma visita ao Reino Unido.

Na reunião com o quadro de colaboradores liderados pelo cônsul-geral, Jorge Cruz, foi possível conhecer com mais detalhe os maiores desafios colocados pela missão consular na jurisdição de Manchester. A dispersão geográfica a cargo deste posto, bem como as permanências consulares repartidas pelo País de Gales, a Irlanda do Norte, Escócia e grande parte do território inglês são um dos principais desafios. Contudo, o reforço com quatro colaboradores entre 2016 e 2017 veio dar uma maior capacidade de resposta, tendo o ano transato fechado com mais de 45 mil atos consulares.

SECP reuniao CG Manchester

Seguiu-se uma visita à Catedral de Manchester, um templo religioso do séc. XV, que alberga no interior quatro frentes de altar produzidas segundo a tradição do bordado de Castelo Branco. Numa visita guiada pelo deão da Catedral, Rogers Govender, José Luís Carneiro pôde apreciar este trabalho que alia a minúcia e a criatividade e que resultou de uma colaboração entre a comissão diretiva da catedral, a arquiteta portuguesa Cristina Rodrigues e o município de Castelo Branco. As frentes de altar, que proporcionam um diálogo estético com a envolvente, mas também uma atualização do uso do bordado daquela localidade beirã, foram muito elogiadas pelo deão da catedral. Para os próximos meses estão previstas iniciativas de colaboração, como um concerto na catedral da organista portuguesa Célia Sousa Tavares (9 de junho de 2018) e um conjunto de atuações do coro da Catedral de Manchester em Portugal (outubro de 2018).

SECP Catedral de Manchester

O dia terminou com um encontro com a comunidade portuguesa na cidade de Salford. O processo de saída do Reino Unido da União Europeia, o funcionamento dos serviços consulares, o ensino de português no estrangeiro e a promoção de portugueses no estrangeiro ligadas ao ensino, à cultura e à economia foram alguns dos temas debatidos.

SECP comunidade portuguesa Salford